Baião-de-dois da Conceição

baiao-de-dois da conceicao

Tenho muita saudade da rua em que morávamos no bairro da Freguesia do Ó, mais saudades ainda das amizades que tinha por lá. Uma amiga muito especial dessa época e sua mãe me inspiraram para o post de hoje com essa receita de Baião-de-Dois, diretamente do Ceára.

Eu devia ter cerca de 6 anos de idade, mas me lembro bem quando novos vizinhos chegaram a nossa rua naquele ano. Eles tinham dois filhos mais velhos e uma mais nova, quase da minha idade, uma garotinha de cabelos bem pretos e lisos. Rapidamente, eu e a Carol fizemos amizade! Foram diversas tardes de brincadeiras, conversas e brigadeiros, era tanto papo que a gente sempre deixava para lavar a louça na última hora, correndo sério risco de levar um puxão de orelha das nossas mães! rs… Mas porque não ficar mais um pouquinho na calçada, tocando violão?

Nunca me esquecerei de uma vez que sua mãe, dona Conceição, uma cearense muito brava e divertida, fez um baião-de-dois bem típico do Ceará, do jeito que só ela sabia fazer. Comi na casa dela como se não houvesse amanhã, e ainda levei para casa uma marmita lotada. Deu até briga, por que todo mundo queria comer um pouco mais!! kkkkk Foi o melhor baião-de-dois que já comi na vida, e só quem comeu sabe como era bom. O queijo bem puxa-puxa e derretido é a marca registrada dessa receita!

Hoje, eu e a Carol nos reunimos para matar as saudades e preparar esse baião. Nos inspiramos na receita da mãe dela e criamos esse passo-a-passo, para que você possa reproduzi-la aí na sua casa também. São várias etapas, mas basta seguir as instruções corretamente que dará tudo certo!

Para esta receita você vai precisar deixar a carne seca de molho em água fria por pelo menos 12 horas, para dessalgar, trocando a água pelo menos 1 vez neste período. Depois cozinha-la na panela de pressão em fogo médio e coberta por água, marcando 20 minutos após a panela pegar pressão.

Foi impossível não me emocionar ao terminar a receita, e ver o prato que tantas vezes ela preparou para nós com tanto carinho. Esse post é em sua homenagem Conceição, sei que está olhando por nós aí do céu e se divertindo com nossas trapalhadas de hoje na cozinha!

Veja mais receitas com arroz aqui.

Baião-de-dois da Conceição

Rendimento: de 6 a 8 porções

Dificuldade: Média

Tempo de preparo: 1 hora e 20 minutos (mais 1 hora para o molho do feijão)

Ingredientes

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de feijão de corda (demolhado em água quente por 1 hora)
  • 3 xícaras (chá) de arroz branco
  • 1 cebola roxa picada em cubinhos
  • 3 dentes de alho amassados
  • 500g de carne seca cozida picada em cubos médios
  • 250g de linguiça calabresa defumada picada em cubinhos
  • 100g de bacon picado em cubinhos
  • 250g de queijo coalho picado em cubos pequenos
  • 1 colher (sopa) de manteiga de garrafa (ou azeite)
  • 1/2 xícara de salsinha, cebolinha e coentro picados
  • 1 colher (sopa) de sal
Modo de preparo:
  1. Despreze a água do molho e coloque o feijão de corda para cozinhar em uma panela de pressão, com água pela metade. Assim que panela começar a apitar, abaixe o fogo e deixe cozinhar por apenas 10 minutos, para que o feijão não amoleça demais. Desligue e deixe a pressão sair. Escorra o feijão com uma peneira sobre uma tigela e reserve a água do cozimento.
  2. Leve uma panela grande ao fogo médio e coloque a manteiga de garrafa para aquecer. Junte o bacon e refogue por alguns minutos, até dourar. Em seguida junte a cebola e refogue até murchar, em seguida junte o alho e mexa por mais 1 minuto.
  3. Junte em seguida o arroz e mexa bem, até envolver todos os grãos com a gordura. Em seguida acrescente o sal, a carne seca e a linguiça, mexa bem e junte a água do cozimento do feijão. Prove e ajuste o sal.
  4. Deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 10 minutos, ou até a água atingir o nível do arroz. Tampe e deixe cozinhar por mais 10 minutos ou até que os grãos do arroz estejam amolecidos. Se necessário, adicione um pouco mais de água para terminar de cozinhar. Mexa de vez em quando para não pegar no fundo.
  5. Desligue o fogo e acrescente o feijão de corda, o queijo coalho e o cheiro verde e misture bem.

O melhor acompanhamento na opinião da Carol é a mandioca cozida. E foi o que comemos hoje.

Bom apetite!

Beijos

2 comentários em “Baião-de-dois da Conceição

  1. Ai que homenagem linda!! Me emocionei!! Tenho certeza que minha mãe ficou muito feliz e se divertiu a beça com a nossa tarde! Que venham mais receitas e lembranças!
    Você e a Ma estão arrasando!!
    Beijos, da Carol dos cabelos pretos e lisos rs
    PS: Marianaaaaa, cade a receita que eu pedi? kkk

Deixe uma resposta