Extrato de Baunilha Caseiro

Extrato de baunilha homemade! Amo! Vem aprender a fazer o seu! #oquevaiternajanta 💕😋🍦
Extrato de Baunilha Caseiro

Admito que ao longo dos anos acumulei algumas manias, que minha mãe chamaria de frescuras! Uma delas é essa verdadeira obsessão por baunilha. Não àquela ligada ao meu sabor favorito de sorvete na infância, mas sim dessa Júlia cozinheira que surgiu a um tempinho. Quando percebi a diferença entre o sabor artificial e o natural admito que pirei! E aí começou a saga do Extrato de Baunilha Caseiro…

Antes eu nem sabia direito o que era baunilha! Sabia que a essência tinha um aroma e gostinho bom. Mas quando comecei a cozinhar e pesquisar sobre culinária, descobri o tal extrato de baunilha e a origem dessa especiaria: se tratava da fava de uma orquídea! Pois é, pasmem! Fiquei mais curiosa e intrigada. Ela está presente em muitas receitas de cupcakes e doces, e os confeiteiros apreciam muito mais o uso de seu extrato natural! E vai além: suas sementinhas são usadas em uma infinidade de receitas, que eu sempre amei, como: arroz doce, creme brule, panna cota, cremes de confeiteiro, sorvetes caseiros de baunilha, chantilly de verdade (mais receita aqui).

Pronto! Pensem numa verdadeira fixação. Pior que danada da fava seca é bem cara! Mas sendo eu uma pessoa bem teimosa, fiquei firme no propósito. Usar baunilha de verdade, ter meu extrato de baunilha caseiro. Minha mãe ajudou no começo, trazendo algumas favas para a minha irmã, depois de uma viagem a Goiás. Elas se fizeram multiplicar em potinhos com açúcar, dando um gostinho bom no leite quente e puro.

Mas queríamos mais. Passado um tempo, eu e a mana fomos atrás de mais favas e finalmente produzimos nosso próprio extrato. Que emoção! As receitas dos mais diversos bolos e demais preparações nunca mais foram as mesmas. Passaram a ter um aroma e gostos sutis, mas que dão um toque muito especial. Parece um segredo de cozinha, mas não é! Conto pra todo mundo essa mudança nas minhas receitas! E o carinho com o extrato? É um ritual de reformar de tempos em tempos, adicionando mais favas ou mais vodka, para que não acabe. O uso das próprias favas e sementinha então, é sempre super controlado (e especial). Segue a receitinha básica do extrato para que você também se arrisque:

Extrato de Baunilha

Rendimento: 200ml (reforma praticamente eterna)

Grau de dificuldade: Fácil

Tempo de Preparo: 20 min

Ingredientes:

  • 200ml de vodka de boa qualidade ou álcool de cereais
  • 3 a 4 favas de baunilhas (são encontradas já secas)
  • 1 garrafinha de vidro bem limpa e esterilizada (sem resquícios de odor ou sabor)
Modo de Preparo:
  1. Coloque a bebida ou solução alcoólica escolhida na garrafinha.
  2. Forre uma superfície com papel manteiga (uma tabua por exemplo) e com uma faca bem afiada e sem serra corte as favas de baunila no sentido longitudinal, de forma a abri-las ao meio.
  3. Raspe, com a parte de trás da lamina de uma faca, as sementinhas pretas de dentro da fava. Elas se espalham facilmente pelas mãos e pelo papel, tente aproveitar o máximo possível colocando-as dentro da garrafinha com o líquido.
  4. Por fim corte as favas em 2 ou 3 partes iguais (dependendo do tamanho do seu recipiente) e coloque-as na garrafa.
  5. Mantenha a garrafa em um local fresco e protegido da luz intensa, e agite o extrato todos os dias que puder (apenas 1 vez ao dia é suficiente) durante um período em torno de 2 meses.

Você notará que o extrato ficará cada vez mais escuro e absorverá os sabores e aromas das favas. Pronto! Lembrando que o extrato é diferente e mais forte que a essência artificial, cuidado nas substituições em suas receitas! Aproveite!

Beijos

2 falando de “Extrato de Baunilha Caseiro

Deixe uma resposta