Bolo Floresta Negra

Um bolo de chocolate muito fácil, um aniversário e muito amor! #oquevaiternajanta 🎉❤👭🎂
bolo floresta negra, cerejas, bolo de chocolate

Quando éramos crianças e o mês de outubro chegava, era o tempo de comemorar três aniversários em casa. Mãe, Júlia e Eu. Fazíamos um bolinho e cantávamos parabéns. E o bolinho tinha esse nome só pelo tamanho da festa, porque ele nunca era nem pequeno e nem simples. Um deles era esse bolo Floresta Negra.

Nossa Tia Maria fazia os melhores bolos da confeitaria tradicional. No Natal ela fazia um bolo enorme, para que todos pudessem comer um “docinho” e repetir o quanto quisessem. Esse bolo foi uma das minhas escolas. Eram oito receitas, recheadas com creme de confeiteiro e frutas picadas, cobertos com merengue. Um bolo monstro, grande. Eu untava as assadeiras e lavava as tigelas para que, pouco a pouco, os bolos fossem feitos, assados e recheados.

Nos aniversários ela sempre me perguntava: “Qual bolo você quer que eu faça?”. A lista de opções continha: Bolo de Mel (o preferido da minha mãe, receita aqui), Bolo de Nozes coberto com fios de ovos (receita aqui), Bolo de Morango com Suspiro, Bolo Mesclado com Marshmelow e o meu preferido: Bolo Floresta Negra.

E aí neste mês de Outubro, morando longe mas grata pela oportunidade de voltar pra casa e comemorar os aniversários com os meus, fiz questão de passar o dia de ontem com minha irmã, para comemorar o seu aniversário.

Sempre digo que ela foi meu presente, pois chegou sete dias depois do meu aniversário. São 7 anos de diferença, que diminuiu e se amenizou com o passar do tempo e com o amadurecimento das duas. Somos diferentes, ainda bem. Sobretudo, nos respeitamos muito e nos apoiamos de maneira incondicional. Sabemos que, não importa o tempo e nem o tormento, estaremos sempre próximas.

Este projeto aqui é prova de como nos completamos, pois nossas habilidades são distintas e quando unidas produzem coisas maravilhosas. Inclua aí nessa lista viagens, festas, almoços e jantas e mais recentemente, mudanças de casa e cidade.

Ela tem ritmo, tem foco, disciplina e alegria. Sorriso lindo que ilumina o ambiente. Risada gostosa. Vigor. Luz mesmo.
Que nunca se apague e fique sempre brilhante.

Estarei aqui sempre pra avivar essa chama, quando precisar.

E atendendo ao seu pedido, fiz um Floresta Negra com direito a tudo: Chantilly de verdade, cerejas com cabinho e raspas de chocolate. Simples, fácil e cheio de amor, do jeitinho que eu aprendi que deve ser e como ela merece.

Aproveite!

Ps.: Não se assuste e tente fazer o bolo de chocolate pois ele é muito muito muito (desculpe a insistência) simples de fazer. Você não vai se arrepender. Prometo.

Bolo de Chocolate Floresta Negra

Rendimento: 10 a 12 porções
Dificuldade: Fácil

Tempo de preparo: 1h

Ingredientes:
  • 1 xícara (chá) de açúcar + 10 colheres (sopa) para o chantilly
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 4 ovos
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de água em temperatura ambiente
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 400 ml de creme de leite fresco
  • 100g de cerejas em calda
  • 1 colher (sopa) de raspas de chocolate meio amargo
Modo de Preparo:
  1. Pré-aqueça o forno em 200ºC (médio) e unte uma assadeira redonda de 22 cm.
  2. Peneire o açúcar (1 xícara) junto com o chocolate. Isso deixará a massa leve e fofa.
  3. Em seguida, vá acrescentando um ovo inteiro por vez e bata bem (de preferência com uma batedeira).
  4. Peneire a farinha junto com o fermento.
  5. Acrescente o óleo, bata mais um pouco para misturar bem e vá acrescentando alternadamente a água e a farinha e misture bem.
  6. Leve ao forno por aproximadamente 25 minutos. Nada de abrir a porta do forno nos 15 primeiros minutos! Mais um ensinamento da Tia Maria. Faça o teste do palito: espete bem no meio do bolo. Se sair limpo, está perfeitamente assado. Deixe esfriar completamente antes de cortar e rechear.
  7. Chantilly: Esse creme francês precisa de temperaturas amenas e manuseio delicado. Tia Maria ensinou a colocar a tigela a ser usada e as pás da batedeira no congelador, 10 minutos antes de começar o preparo. Junte os creme de leite fresco e as 10 colheres de sopa de açúcar e ligue a batedeira na velocidade baixa, até misturar os ingrediente e fazer bolhas grandes e densas, em torno de 1 minuto. Depois aumente a velocidade para o máximo e vá batendo até que o creme fique bem cremoso (há!). Preste atenção para que ele não fique muito duro e vire manteiga. Ele tem que ficar com aparência de claras em neves firmes.
  8. Pique metade das cerejas do pote, guardando a outra metade para decorar e o caldo para molhar o bolo.
  9. Regue o bolo, cortado ao meio, com a calda das cerejas e recheie com metade do creme, as cerejas cortadas e metade das raspas de chocolate.
  10. Coloque a outra metade do bolo (já regada com a calda) e, para cobrir, coloque uma primeira colher do creme, espalhando sobre o bolo e as laterais de modo a “colar” os farelos para que eles não se misturem com o restante do creme. Em seguida, coloque algumas colheres do creme e vá espalhando sobre o bolo, deixando que o excesso caia para as laterais, cobrindo-as também.
  11. Enfeite com as cerejas e as raspas de chocolate e pronto.

Um legítimo bolo floresta negra, cheio de carinho para quem você ama.

Beijos

4 falando de “Bolo Floresta Negra

  1. Bom dia meninas, parabéns pelo blog de vocês, realmente está ficando muito bom!!! Estou seguindo vocês no Instagram também, meu blog e instagram vocês também já conhecem é o blo da Cucina della Nonna. Eu também criei o blog porque aqui em casa, sempre que estamos conversando com a família, amigos em festas ou reuniões simples, estamos comendo alguma coisa gostosa que minha mãe fez. E como ela já é vovó, criei a cucina pra mostrar um pouquinho das receitas dela. Acessem lá depois http://www.cucinadellanonna.blogspot.com.br e falem com a Nonna. Grande beijo. Adorei vocês e vou seguir este blog com certeza!!!!Parabéns!!!!

    1. Olá Greyce!! Que bom que gostou do blog, obrigada pela sua mensagem!! Vamos acompanhar o seu blog também! =) Beijos!

Deixe uma resposta